terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Globo quer valer expertise na disputa pelo Brasileirão

A Globo pretende transformar a disputa das TVs pelo Brasileirão no embate: dinheiro X know-how.
A Folha apurou que na última reunião da rede com o Clube dos 13, entidade que negocia o campeonato, na semana passada, a Globo pediu que levasse em conta não só as propostas financeiras das emissoras, como também a experiência na transmissão do Brasileirão.
A Globo falou de sua estrutura na transmissão nacional dos jogos e da visibilidade que proporciona aos times e jogadores na programação.
O canal também questionou a capacidade técnica dos concorrentes.
Segundo fontes ligadas à Globo, uma estrutura simples que integra a transmissão de uma partida -uma unidade móvel com dozes câmeras e diretor-, envolve o gasto médio de R$ 50 mil.
O custo operacional da transmissão de cada partida é de cerca de R$ 2,5 milhões.
A Globo, por sua vez, disse ao Clube dos 13 que não estaria disposta a pagar R$ 500 milhões pelo evento, valor pretendido pela entidade.
Na Record comenta-se que a proposta chegará perto.
O Clube dos 13 vai licitar o Brasileirão em março, em cinco plataformas (TV aberta, paga, celular, internet, pay-per-view), em esquema de envelopes fechados com propostas dos interessados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário